Curso: Formação Líder LEKOTEK

No mês de abril o Centro Lekotek Brasil promoveu o 1° curso de formação líder LEKOTEK. Estamos felizes com os novos líderes e certos de que vão fazer um ótimo trabalho promovendo cada vez mais essa maravilhosa ferramente de inclusão e aprendizagem que é o Método Lekotek. Desejamos aos novos líderes muito sucesso nessa nova caminhada.

“O mundo pertence as pessoas que acreditam na beleza de seus sonhos”..

Palestrante:  Terapeuta Ocupacional Carolina Rabitto  /Líder LEKOTEK

Dança de Circular com a Pedagoga Juliana Pinho

Palestrante: Presidente da AMCIP Marileuza Assunção

Palestrante: Pedagoga Marisa Sella diretora da AMCIP  e idealizadora da metodologia LEKOTEK no Paraná

Palestrante: Pedagoga Anelise Pires/   Vice -diretora da AMCIP

Palestrante: Pedagoga Thaisa Garais  /Coordenadora do Centro Lekotek Brasil

Palestratante: Neuropsicóloga Denise Ribas Jamus

Palestrante: professora Elaine Kichijanowski/ líder LEKOTEK

Palestrante: professor de Artes Delcio Dembiski / líder Lekotek

Palestrante:  Dr  Rui Fernando Pilotto

Palestrante: Dr Sueli Neurologista da AMCIP

Líder LEKOTEK: Carolina Araújo Santana – BA

email para contato: carolinavedova@hotmail.com

Líder Lekotek: Renato Matos de Lopes Torres Baroboza  – SP

email para contato: renatombarboza@gmail.com

Líder Lekotek: Marta Almeida da Silveira – Curitiba

email para contato: fgamartaalmeida@gmail.com

Líder Lekotek: Rosane Maria Micheto  – Curitiba

email: rosanemm2005@hotmail.com

Líder Lekotek: Maria Luiza Shtorache – Curitiba

email para contato: malushtorache@yahoo.com.br

Líder Lekotek: Viviane Cristina Sary Kuzma – Curitiba

email para contato: vivianekuzma@yahoo.com.br

Monitora de jogos: Leticia Almeida

“Sem a curiosidade que me move, que me inquieta, que me insere na busca, não aprendo nem ensino”.( Paulo Freire)

Inclusão

Lekotek fez uma visita para turminha da Pré da Escola Municipal Madre Teresa de Calcutá. O objetivo da atividade proposta foi promover a inclusão sócio-educacional bem como observar o potencial da criança inclusiva em outro contexto. O brincar é melhor ferramenta de inclusão!

VAMOS BRINCAR DE ÍNDIO

 Vamos brincar de índio? 
Para comemorar o dia do índio as crianças da AMCIP conheceram a oca e  as louças de cerâmica (argila) utilizada pelos índio. Todos participaram da atividade com argila, e puderam construir materiais assim como os que tinham conhecido. O objetivo do trabalho foi promover a integração com a cultura, a criatividade, a imaginação e coordenação motora fina. Brincar com argila é uma prática muito importante para as crianças que tem deficiência, pois possibilita a a construção de novas vivências lúdicas.

 

 

CONTE UM CONTO

Helena Kolody foi o foco do trabalho literário realizado com nossas crianças no mês de abril. Como complemento, o LEKOTEK promoveu aos nossos pequenos o dia CONTE UM CONTO, onde as crianças tiveram acesso a livros infantis, contação de hitória, fantasias e um exposição das belas obras de Helena Kolody.  O objetivo desta prática foi promover um dia de imaginação, construção da linguagem oral e expressiva e o vínculo com a literatura infantil.

Inclusão!

Inclusão? O que é? Esse vídeo é maravilhoso, mostra que inclusão é você acreditar no potencial da criança inclusiva, é olhar e perceber quais estratégias de trabalho podem ser feitas para que ela possa construir a sua aprendizagem e integrar-se à sociedade. É acreditar que ela pode!

 

 

 

 

Páscoa na AMCIP

Brincar de faz-de-conta é um rico instrumento para o desenvolvimento infantil. Essa semana comemoramos a Páscoa.

Num contexto simbólico, as crianças tiveram que achar a toca do coelho com uma história cantada e o coelhinho deixou muitas pistas pela a escola.

Por que é importante promover essa atividade? Para as crianças com deficiência é muito importante, pois  visa desenvolver a integração cultural bem como oportunizar experiencias lúdicas para aumentar o seu repertório simbólico. Naturalmente essa vivência tão rica estimula a interação social, a compreensão de regras, o movimento do corpo, a curiosidade, a imaginação, a contextualização e a linguagem expressiva e oral. Quando pensamos em usar uma temática cultural como instrumento de aprendizagem, devemos refletir quais são os seus objetivos e o que e como vamos alcança- los, você é mediador  do conhecimento, uma simples história de Páscoa pode ser o caminho para você desenvolver as potencialidades da criança. 

É  com o nosso corpo que tocamos o mundo, que nos tocamos uns aos outros, que tocamos e retocamos a cultura. Arrisco-me, maz digo, significamos o mundo quando brincamos com ele. Nesse sentido, quando   a professora e as crianças brincam juntas, construindo regras, partilhando experiências, superando tensões  e conflitos, valores e preconceitos, estão participando do maravilhoso processo de juntas tocarem o mundo  e concretizando sua possibilidade de transformação, sua possibilidade de fantasia, de imaginação, de reconstrução sensível de realidade.

(José Alfredo Oliveira Debortoli) 

Agradecemos a todos os funcionário do TRT que nos doaram todos os ovos de páscoa, sem ajuda e a confiança de vocês não poderíamos proporcionar essa atividade tão rica para os nossos pequenos. 

 

Thaisa Garais 

Pedagoga / Coordenadora do Centro Lekotek Paraná 

Autismo

Deixa-me entrar no teu mundo.
E dizer-te, que mais mundo existe!
Vem, comigo sorri.
Liberta-te, desse mundo triste.
Vem, não tenhas medo dos sons,

encanta-me com teu sorriso.
Vem,brinca alegremente,
para a renova és preciso.
Deixa-me entrar no teu mundo.
E dizer-te, 
alguém existe em revolta.
Por querer entrar nesse mundo,
e não lhes abres a porta.
Não tenhas medo, vem.
Amparar-te-ei na decisão.
Liberta-te, vem ao meu mundo,
une teu, ao meu coração.
Liberta-te, vem ao meu mundo!

José Manuel Cerqueira Silva

Dia Internacional da Síndrome de Down

Projeto Patati Patatá

Em grande estilo comemoramos o projeto Patati Patatá.  O fato da criança colocar uma fantasia, pintar o seu rostinho e ir até tenda do circo, faz com que ela mergulhe no mundo do faz-de-conta. 

Quanto maior for a imaginação da criança, maiores serão suas chances de ajustamento ao mundo ao seu redor. CUNHA 

Em todos os projetos desenvolvidos na AMCIP, procuramos oportunizar novas aprendizagens, bem como estimular o desenvolvimento social, cognitivo, afetivo e motor. O brincar é o melhor caminho para aprimorar e construir novas aprendizagens. 

Para Pensar